segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Uma Rosa Branca - Para os Sacerdotes



Caros Ministros do Altíssimo, vocês são meu companheiros sacerdotes que pregam a verdade de Deus e que ensinam o Evangelho a todas as nações, deixe-me dar-lhes este pequeno livro, como uma rosa branca, que eu gostaria que as conservassem. As verdades nele contidas são postas de uma maneira simples e direta como vocês observarão. Por favor, mantenham-nas em seus corações, a fim de que vocês mesmos possam se habituar ao uso do Rosário e que promovem o fruto; e por favor, tenham-nas sempre nos seus lábios, também, a fim de que sem possam pregar o Rosário e assim converter outros através do ensino da excelências desta santa devoção.

Peço que estejam atentos, a fim de não pensarem que o Rosário é de pouca importância, como dizem os ignorantes e alguns grandes intelectuais orgulhosos. Longe de insignificante, o Rosário é um tesouro de valor incalculável e inspirado por DEUS.

DEUS Todo Poderoso, o deu porque Ele quer que vocês o rezem como meio de converter os pecadores mais endurecidos e os hereges mais obstinados. Com a devoção do Rosário obtém-se graças para esta vida e glória para a eterna. Os Santos é que o dizem e os Papas o confirmam.

Quando o ESPÍRITO SANTO revela este segredo a um sacerdote e diretor de almas, quão bem-aventurado se torna este! Porque a grande maioria das pessoas falha em conhecer este segredo ou apenas o conhece superficialmente. Se tal sacerdote realmente compreende este segredo ele rezará o Rosário todo o dia e aconselhará outros a fazerem o mesmo.

Deus por Sua Santíssima Mãe Derramará abundantes graças em sua alma, a fim de que ele se torne instrumento para sua Glória; e sua palavra, apesar de simples, fará mais bem, em um mês, do que aquela dos outros pregadores em vários anos.

Portanto, meus queridos irmãos e companheiros sacerdotes, não nos bastará somente pregar esta devoção aos outros; devemos praticá-la nós mesmos. Mesmo que firmemente acreditemos na importância do Santo Rosário, contudo se nós mesmos não o rezarmos, dificilmente poder-se-á esperar que as pessoas sigam o nosso conselho, porque ninguém pode dar aquilo que não tem: “Jesus começou não só a fazer, mas a ensinar” (At 1,1). Devemos nós mesmos nos empenhar em imitar Nosso SENHOR JESUS CRISTO, que praticava o que ensinava. Devemos imitar São Paulo que conhecia e pregava nada mais que JESUS Crucificado. Isto é o que você real e verdadeiramente estará fazendo ao pregar o Santo Rosário. Não se trata somente de uma sucessão de PAI Nossos e Ave Marias, mas, ao contrário, é um sumário divino dos mistérios da vida, paixão, morte e glórias de JESUS e Maria.

Eu poderia contar-lhes mais prolongadamente acerca da graças que DEUS me concedeu em conhecer pela experiência e eficácia do pregação do Santo Rosário e de como tenho visto, como os meus próprios olhos, as maravilhosas conversões que ele suscitou. De bom grado eu lhes contaria todas estas histórias se eu achasse que elas motivariam a pregar esta bela devoção, não se levando em conta que os sacerdotes não possuem o hábito de o rezar hoje em dia. Mas além de tudo isto, eu penso que este pequeno sumário será o suficiente se lhes contar algumas histórias antiqüíssimas, mas autênticas sobre o Santíssimo Rosário.


1º Capitulo - Extraído do Livro "O Segredo do Rosário" São Luiz M. Grignion de Montfort

3 comentários:

  1. O santo rosário, é uma devoção Mariana em que Cristo está no centro ou seja Cristocêntrica. o Rosário nos transforma tanto por dentro como por fora. Que pena que muitos sacerdotes não sequer rezem um terço por dia quanto mais um Rosário.

    ResponderExcluir
  2. Palavras maravilhosas. Palavras de Deus. Obrigada Jesus. Amen.

    ResponderExcluir
  3. Palavras maravilhosas. Palavras de Deus. Obrigada Jesus. Amen.

    ResponderExcluir