quinta-feira, 8 de março de 2018

Catecismo Ilustrado - Parte 37 - 4º Mandamento de Deus: Honrar pai e mãe



Catecismo Ilustrado - Parte 37

Os Mandamentos

4º Mandamento de Deus: Honrar pai e mãe

1. A palavra “honrar” significa ter sentimentos de dedicação e de muito respeito para com alguém.

2. O pai e a mãe honram-se com amor, com o respeito, com a obediência e com a assistência.

3. Devemos amar pai e mãe, porque a eles, depois de Deus, devemos existência e a vida, e porque têm toda a sorte de cuidados para conosco.

4. “Honrar pai e mãe com amor” quer dizer que os filhos, num ato interno de benevolência, devem amar seus pais, os quais nada desejam tanto como serem amados por seus filhos.

5. “Honrar os pais com respeito” significa que os filhos devem mostrar, em toda a ocasião, muita gratidão e reverência tanto em obras como em palavras para com seus pais. Respeitar os pais é respeitar a Deus que eles representam.

6. “Honrar os pais com obediência” significa que os filhos devem obedecer sempre aos pais em tudo aquilo que não é pecado. Se os pais mandarem alguma coisa contra a lei de Deus ou da Igreja, os filhos não devem obedecer-lhes, porque devemos obedecer antes Deus do que aos homens.

São Paulo frequentemente recomenda aos filhos a obediência dizendo: “Filhos, obedecei aos vossos pais, porque isso é justo”. – E ainda: “Filhos, obedecei em tudo aos vossos pais, porque isso é agradável a Deus”.

7. Honrar os pais com a assistência quer dizer que os filhos devem auxiliar os pais em suas necessidades e doenças, dando-lhes o sustento e o vestuário segundo as suas posses.

8. Honramos também os nossos pais quando imitamos as suas virtudes; com efeito, a maior prova de estima que se pode dar a alguém é querer parecer-se com ele no bem e na virtude.

9. Cumprir todos os nossos deveres para com os pais é uma obrigação de todos os dias, mas principalmente nas doenças graves e perigosas. Então devemos fazer todas as diligências para que não lhes faltem socorros materiais e espirituais, especialmente a visita do Pároco, para que eles possam receber os sacramentos da Penitência, Eucaristia e Extrema-Unção, que todos os cristãos devem receber em perigo de vida.

10. Os deveres dos filhos para com os pais não cessam com a morte destes; devem ainda honrar a sua memória, falando bem deles, pagando as suas dívidas se as deixaram, encomendando a sua alma a Deus e executando fielmente a sua última vontade.

11. Aos filhos que honram os seus pais como Deus manda, está prometida uma vida longa e feliz neste mundo e a vida eterna no Céu.

12. O quarto mandamento proíbe aos filhos serem ingratos e ímpios para com os seus pais e afligi-los de qualquer modo.
A maldição de Deus nesta vida e a condenação eterna na outra, espera os filhos ingratos.

13. O mais perfeito modelo de obediência que os filhos devem imitar é o Menino Jesus, que foi submisso e obediente a Maria e a José, quando com eles vivia em Nazaré.

Explicação da gravura

14. Divide-se a gravura em três partes. A de cima representa o Menino Jesus ajudando a sua Mãe Santíssima nos trabalhos de casa e a São José no ofício de carpinteiro.

15. Na parte inferior esquerda, está representado o jovem Tobias em presença do Arcanjo Rafael curando milagrosamente o seu pai cego, ungindo-lhe os olhos com o fel de peixe que tinha trazido da sua viagem.

16. Na parte inferior direita, vê-se Nosso Senhor Jesus Cristo assistindo São José nos últimos momentos de sua vida e abraçando-o com respeito e amor.

Índice das sessenta e oito gravuras


Sumário

1.- Introdução

O Símbolo dos Apóstolos


2.- A Santíssima Trindade
3.- A Criação
4.- Incarnação - Transfiguração
5.- Incarnação - Anunciação
6.- A Natividade
7.- A Redenção
8.- A descida aos Infernos
9.- A Ressurreição
10.- A Ascensão
11.- Jesus Cristo à direita de Deus Pai
12.- Juízo Final
13.- Pentecostes
14.- A Igreja
15.- A Comunicação dos Santos
16.- A Remissão dos pecados
17.- A Ressurreição da carne
18.- O Paraíso
19.- O Inferno

Os Sacramentos

20.- A Graça
21.- O Baptismo
22.- A Eucaristia
23.- A Confirmação
24.- A Penitência
25.- A Extrema-Unção
26.- A Ordem
27.- O Matrimônio

Os Mandamentos


28.- Os mandamentos da lei de Deus


29.- 1º Mandamento de Deus: Adorar a um só Deus e amá-Lo sobre todas as coisas


30.- 1º Mandamento (continuação): Adorar a um só Deus e amá-Lo sobre todas as coisas


31.- 2º Mandamento de Deus: Não invocar o Santo Nome de Deus em vão


32.- 2º Mandamento de Deus (continuação): Não invocar o Santo Nome de Deus em vão


33.- 2º Mandamento de Deus (continuação): Não invocar o Santo Nome de Deus em vão


34.- 3º Mandamento de Deus: Santificar os Domingos e Festas de preceito


35.- 3º Mandamento de Deus (continuação): Santificar os Domingos e as Festas de preceito

36.- 4º Mandamento: Honrar pai e mãe
37.- 4º Mandamento
38.- 4º Mandamento
39.- 4º Mandamento
40.- 5º Mandamento
41.- 5º Mandamento
42.- 5º Mandamento
43.- 6º Mandamento
44.- 7º Mandamento
45.- 7º Mandamento
46.- 8º Mandamento
47.- 8º Mandamento
48.- 8º Mandamento
49.- 9º Mandamento
50.- 10 Mandamento
51.- Os Mandamentos da Igreja
52.- Os Mandamentos da Igreja
53.- Os Mandamentos da Igreja

Diversos

54.- A Oração
55.- O Pai Nosso
56.- Ave Maria
57.- Os Novíssimos do homem
58.- A Morte
59.- O Juízo
60.- O pecado original
61.- Os pecados capitais
62.- Os pecados capitais
63.- Os pecados capitais
64.- As Virtudes teologais
65.- As Virtudes cardeais
66.- As Virtudes evangélicas
67.- As obras corporais de misericórdia
68.- As obras espirituais de misericórdia

Nenhum comentário:

Postar um comentário